COMPLACÊNCIA

POR QUE “MUITO MAIS QUE UMA TELA”?

A tela ideal é uma junção de vários pilares e seus benefícios*:

POR QUE É TÃO IMPORTANTE GARANTIR QUE AS TELAS ATENDAM À ELASTICIDADE DA PAREDE ABDOMINAL?

A Pressão Abdominal (PA) é considerada como uma das maiores responsáveis por recidiva de hérnias. A pressão média da parede abdominal é 16N. Dependendo do tipo e atividade do paciente, a pressão intra-abdominal pode chegar a 250 mmHg1.

ELASTICIDADE DA PAREDE ABDOMINAL ANTERIOR E O IMPACTO NA REPARAÇÃO DE HÉRNIAS INCISIONAIS UTILIZANDO TELA2.

Escala de pressões máximas de acordo com cada atividade (estudo Cobb30)

  • A elasticidade da parede abdominal é maior no eixo vertical;
  • Em uma tensão de 16N (pressão abdominal normal), a tela ideal deve apresentar uma elasticidade de pelo menos 25% no alongamento vertical e 15% no alongamento horizontal para alcançar propriedades quase fisiológicas2.
  • Telas para reparo de grandes hérnias precisam suportar pelo menos 180 mmHg antes da ruptura1-3.
  • A estrutura HEXAGONAL, exclusiva da Medtronic™, é o formato mais forte e resistente sob pressão e a porosidade permanecerá aberta sempre3.

CONHEÇA NOSSAS TELAS COM POROS HEXAGONAIS
PPM - PPDS - SYMBOTEX

CONCLUSÃO
A tela não é apenas um pedaço de tecido ela é muito mais do que isso.

  • Ela tem propriedades físicas e mecânicas específicas de acordo com as necessidades do corpo humano;
  • Macroporosidade é a chave. O organismo não vai reconhecer o peso em si;
  • O peso apenas levará à resistência, mas a macroporosidade levará à integração;
  • Quando em contato com as vísceras, precisamos ter uma barreira para proteger a tela das vísceras e minimizar a aderência tecidual, essa barreira precisa ser hidrofílica e absorvível ao longo do tempo para ser totalmente integrada pelo organismo;
  • Nós queremos impedir a aderência visceral ao mesmo tempo que queremos promover a adesão celular;
  • O material da tela deve ser selecionado com cuidado.

REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS.

1. Wiiliam S. Cobb, M.D., Justin M. Burns, M.D., Kent W Kercher, M.D., Brent D. Matthews, M.M., H. James Norton, Ph.D., and B. Todd Heniford, M.D. Journal of Surgical Research 129,231-235 (2005) Normal Intraabdominal Pressure in Healthy Adults .
2. K. Junge, U. Klinge, A. Prescher , P. Giboni M. Niewiera , V. Schumplelick. Elasticity of the anterior abdominal wall and impact for reparation of incisional hernias using mesh implants. Hernia. 2001 Sep;5(3):113-8.
3. Lake SP, Ray S, Zihni AM, Thompson DM Jr, Gluckstein J, Deeken CR. Pore size and pore shape - but not mesh density - alter the mechanical strength of tissue ingrowth and host tissue response to synthetic mesh materials in a porcine model of ventral hernia repair. J Mech Behav Biomed Mater. 2015;42:186–197.

Observação aos pacientes: Todos os dispositivos mostrados aqui são produtos de prescrição e devem ser obtidos de um profissional ou médico licenciado. Os pacientes não podem adquirir diretamente da Medtronic.

Registros 10349000546,©2020 Medtronic. Todos os direitos reservados. Medtronic, o logo da Medtronic e Outros, são em conjunto marcas registradas da Medtronic. ™* Marcas de terceiros são marcas registradas de seus respectivos proprietários. Todas outras marcas são marcas registradas de uma empresa da Medtronic.

Previous Article
ADERÊNCIA
ADERÊNCIA

Por que a aderência é tão importante para uma tela?

PRÓXIMO
SOMOS SOLUÇÕES PARA HÉRNIA
SOMOS SOLUÇÕES PARA HÉRNIA