BIS™ EM UTI

TITULAÇÃO INADEQUADA DE SEDATIVOS

A administração das doses individualizadas de sedação é um desafio na prática diária, podendo sua titulação inadequada causar quadros de1 :

SEDAÇÃO SUPERFICIAL1-4

  • Demora no despertar;
  • Aumento do tempo em ventilação mecânica;
  • Aumento dos custos com drogas;
  • Aumento de tempo de permanência.

SEDAÇÃO PROFUNDA1-4

  • Ansiedade;
  • Agitação;
  • Dificuldade na ventilação mecânica;
  • Remoção não intencional de dispositivos médicos.

MONITORIZANDO COM BIS™

O BIS™ promoverá uma avaliação direta do efeito dos agentes sedativos no cérebro, auxiliando o corpo clínico a avaliar a sedação de forma individualizada.

Através de tecnologia de processamento de sinais de EEG, o monitor BIS™ fornecerá uma escala numérica de fácil interpretação dos níveis de sedação e juntamente com outros parâmetros que auxiliará o corpo clínico a atingir as metas terapêuticas traçadas para cada paciente.

APLICAÇÃO CLÍNICA DO BIS™

Com sensores específicos é possível monitorizar, além de pacientes adultos, também pacientes pediátricos. Veja abaixo em quais situações o BISTM é indicado segundo a literatura:

  • Ventilação mecânica;
  • Bloqueio neuromuscular;
  • Coma induzido;
  • Procedimentos à beira leito;
  • Hipotermia terapêutica.

BENEFÍCIO CLÍNICO DO BISTM EM UTI3,4,6-9

  • Prevenção de episódios de sedação profunda e superficial;
  • Diminuição do uso de drogas;
  • Menor tempo de recuperação;
  • Menor tempo em ventilação mecânica;
  • Redução de incidência e custos associados a complicações;
  • Menor stress pós-traumático;
  • Evita/reduz o uso de bloqueadores neuromusculares.

Veja um vídeo complementar.
TECNOLOGIA BIS™ - APLICAÇÃO CLÍNICA DA MONITORIZAÇÃO EM UTI

Faça download deste material.

REFERÊNCIAS

  1. Rowe K, Fletcher S. Sedation in the intensive care unit. Cont Ed Ana Crit Care & Pain, Vol 8, Issue.
  2. Apr 2008, Pag 50–55. 2. Kress JP, Pohlman SA, Hall JB. Sedation and Analgesia in the Intensive Care Unit. Am J Respir Crit Care Med. 2002; 166(8), pp. 1024–1028.
  3. Kaplan L, Bailey H. Bispectral Index (BIS) monitoring of ICU patients on continuous infusions of sedatives and paralytics reduces sedative drug utilization. Crit Care. 2000;4(suppl 1):S110.
  4. Olson DM, Gurram AR, Zomorodi MG. Bispectral index monitoring in critical care: What’s the science? Nursing Crit Care.2009;4(4):19-21.
  5. Jackson DL, Proudfoot CW, Cann KF, Walsh TS. The incidence of sub-optimal sedation in the ICU. Crit Care. 2009; 13:R204 (doi:10.1186/cc8212).
  6. Arbour R. Using bispectral index monitoring to detect potential breakthrough awareness and limit duration of neuromuscular blockade. Am J Crit Care. 2004 Jan;13(1):66-73.
  7. Devlin JW, Fraser GL, Ely EW, Kress JP, Skrobik Y, Dasta JF. Pharmacological Management of Sedation and Delirium in Mechanically Ventilated ICU Patients: Remaining Evidence Gaps and Controversies. Semin Respir Crit Care Med 2013;34:201–215.
  8. Rowe K, Fletcher S. Sedation in the intensive care unit. Contin Educ Anaesth Crit Care Pain. 2008;8(2):50- 55.
  9. Simpson JR, Katz SG, Vander Lann T. Oversedation in postoperative patients requiring ventilator support greater than 48 hours: A 4-year national surgical quality improvement program-driven project. The Am Surgeon 2013;79:1106-1110.

Observação aos pacientes: Todos os dispositivos mostrados aqui são produtos de prescrição e devem ser obtidos de um profissional ou médico licenciado. Os pacientes não podem adquirir diretamente da Medtronic.

Reg.  80040730029, 10349000393, 10349000388 ©2020 Medtronic. Todos os direitos reservados. Medtronic, o logo da Medtronic e Outros, são em conjunto marcas registradas da Medtronic. ™* Marcas de terceiros são marcas registradas de seus respectivos proprietários. Todas outras marcas são marcas registradas de uma empresa da Medtronic.

No Previous Articles

PRÓXIMO
BIS™
BIS™

Anestesia segura e personalizada.

FAÇA SUA COTAÇÃO AGORA!

CLIQUE AQUI