COMPLACÊNCIA

POR QUE “MUITO MAIS QUE UMA TELA”?

A tela ideal é uma junção de vários pilares e seus benefícios*:

POR QUE É TÃO IMPORTANTE GARANTIR QUE AS TELAS ATENDAM À ELASTICIDADE DA PAREDE ABDOMINAL?

A Pressão Abdominal (PA) é considerada como uma das maiores responsáveis por recidiva de hérnias. A pressão média da parede abdominal é 16N. Dependendo do tipo e atividade do paciente, a pressão intra-abdominal pode chegar a 250 mmHg1.

ELASTICIDADE DA PAREDE ABDOMINAL ANTERIOR E O IMPACTO NA REPARAÇÃO DE HÉRNIAS INCISIONAIS UTILIZANDO TELA2.

Escala de pressões máximas de acordo com cada atividade (estudo Cobb30)

  • A elasticidade da parede abdominal é maior no eixo vertical;
  • Em uma tensão de 16N (pressão abdominal normal), a tela ideal deve apresentar uma elasticidade de pelo menos 25% no alongamento vertical e 15% no alongamento horizontal para alcançar propriedades quase fisiológicas2.
  • Telas para reparo de grandes hérnias precisam suportar pelo menos 180 mmHg antes da ruptura1-3.
  • A estrutura HEXAGONAL, exclusiva da Medtronic™, é o formato mais forte e resistente sob pressão e a porosidade permanecerá aberta sempre3.

CONHEÇA NOSSAS TELAS COM POROS HEXAGONAIS
PPM - PPDS - SYMBOTEX

CONCLUSÃO
A tela não é apenas um pedaço de tecido ela é muito mais do que isso.

  • Ela tem propriedades físicas e mecânicas específicas de acordo com as necessidades do corpo humano;
  • Macroporosidade é a chave. O organismo não vai reconhecer o peso em si;
  • O peso apenas levará à resistência, mas a macroporosidade levará à integração;
  • Quando em contato com as vísceras, precisamos ter uma barreira para proteger a tela das vísceras e minimizar a aderência tecidual, essa barreira precisa ser hidrofílica e absorvível ao longo do tempo para ser totalmente integrada pelo organismo;
  • Nós queremos impedir a aderência visceral ao mesmo tempo que queremos promover a adesão celular;
  • O material da tela deve ser selecionado com cuidado.

REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS.

1. Wiiliam S. Cobb, M.D., Justin M. Burns, M.D., Kent W Kercher, M.D., Brent D. Matthews, M.M., H. James Norton, Ph.D., and B. Todd Heniford, M.D. Journal of Surgical Research 129,231-235 (2005) Normal Intraabdominal Pressure in Healthy Adults .
2. K. Junge, U. Klinge, A. Prescher , P. Giboni M. Niewiera , V. Schumplelick. Elasticity of the anterior abdominal wall and impact for reparation of incisional hernias using mesh implants. Hernia. 2001 Sep;5(3):113-8.
3. Lake SP, Ray S, Zihni AM, Thompson DM Jr, Gluckstein J, Deeken CR. Pore size and pore shape - but not mesh density - alter the mechanical strength of tissue ingrowth and host tissue response to synthetic mesh materials in a porcine model of ventral hernia repair. J Mech Behav Biomed Mater. 2015;42:186–197.

Observação aos pacientes: Todos os dispositivos mostrados aqui são produtos de prescrição e devem ser obtidos de um profissional ou médico licenciado. Os pacientes não podem adquirir diretamente da Medtronic.

Registros 10349000546,©2020 Medtronic. Todos os direitos reservados. Medtronic, o logo da Medtronic e Outros, são em conjunto marcas registradas da Medtronic. ™* Marcas de terceiros são marcas registradas de seus respectivos proprietários. Todas outras marcas são marcas registradas de uma empresa da Medtronic.

Previous Article
Dr. Neymar Elias de Oliveira
Dr. Neymar Elias de Oliveira

Ventilação mecânica invasiva no paciente com COVID-19: Pontos fundamentais

PRÓXIMO
ADERÊNCIA
ADERÊNCIA

Por que a aderência é tão importante para uma tela?